Passo a passo para fazer a adaptação entre gatos

Passo a passo para fazer a adaptação entre gatos

Está pensando em adotar um novo gatinho, mas se preocupa com o que já está em casa? É preciso fazer uma adaptação entre gatos para que eles aceitem dividir o espaço.

Afinal, gatos são extremamente territorialistas, portanto, é preciso adaptar para que eles entendam que podem dividir o espaço.

Para te auxiliar nesse processo, separamos um passo a passo que irá ajudar na adaptação entre gatos.

É preciso criar um espaço para o novo gato

O primeiro passo é, sem dúvidas criar um novo espaço para o gato que está chegando. Nesse ambiente, coloque a cama, caixinha de areia, comedouro e bebedouro. Quando o ambiente estiver preparado, permita que seu gatinho conheça o espaço e cheire.

O seu gato não deve usar absolutamente nada que pertencerá ao novo gatinho. Apenas deverá reconhecer o espaço para entender que haverá um novo residente em casa.

Traga o novo gato para casa

Após demonstrar que haverá um novo residente, o segundo passo da adaptação é trazer o novo gato para casa.

Coloque os dois gatos em ambientes separados, mas de maneira que um possa sentir o cheiro do outro trazido pelo vento.

Observe se, o seu gatinho está demonstrando agressividade pela presença do novo gato em casa. Se houver alguma reação agressiva, isso é um sinal de que será preciso ter mais paciência durante a adaptação.

Caso não exista nenhum sinal de agressividade, troque os gatos de ambiente e permita que um cheire o ambiente no qual o outro estava.

Reconhecer inicialmente o cheiro é uma maneira de gerar a adaptação, sem expor seus gatos a uma briga ou algum tipo de risco durante a adaptação.

Se você mora sozinho com seus gatos, a dica é trocar o cheiro através da troca de brinquedos. Assim, é mais fácil que um gato reconheça o outro pelo cheiro, sem que eles necessariamente se vejam.

Associe o novo gatinho a coisas boas

Uma vez superada a etapa da troca de cheiros, é importante associar a presença do novo gatinho a boas coisas. De modo que, seu gato não sinta que está perdendo algo com a presença do novo integrante na família.

Coloque o comedouro de cada gato em seu respectivo lado e deixe que eles se alimentem, de preferência, coloque um sachê especial na comida.

Dessa forma, o momento de serem apresentados será marcado por algo positivo. Proporcionando maior facilidade para a adaptação.

Brinque com os dois juntos

Na hora de apresentar os dois gatinhos, é importante que eles possam se encarar de forma segura. Uma boa ideia é apresentá-los tendo colocado ambos em suas respectivas caixas de transporte.

Assim, não sobram margens para que ocorra algum tipo de agressividade inesperada ocasionando algum acidente.

Ao perceber que não haverá qualquer tipo de problema, solte os dois e permita que eles possam se conhecer. É interessante usar algum brinquedo para que a interação ocorra de forma mais natural.

Respeite o tempo de seus animais

O gato é um animal naturalmente muito territorialista. Por isso mesmo, é importante que você entenda e respeite essa característica.

Não existe um tempo certo para que a adaptação ocorra. Em alguns casos, demoram apenas algumas horas, enquanto em outros são necessários alguns dias para que os animais se aceitem.

É importante observar e ter atenção para evitar conflitos agressivos. Respeite o seu gato “presidente” que é o seu gatinho que chegou em casa primeiro.

Espere o tempo que for necessário para que esse gatinho aceite a presença do novo amigo em casa. Aos poucos, tudo tende a se adaptar, mas é preciso ter paciência e entender que é um processo.

Deixe um comentário

Curso de Banho e Tosa
com Samuel Castro
Enable Notifications.    Ok No thanks